Na rota da madeira: o caminho da ilegalidade da matéria-prima

Na rota da madeira: o caminho da ilegalidade da matéria-prima

Já pensou que você pode ser parte dessa história? (Cacá Bratke/Cacá Bratke) A Floresta Amazônica está mais ligada a nós do que a geografia pode sugerir. Ela é hoje o principal alvo de exploração madeireira no Brasil, já que seus maiores consumidores – as regiões Sul e Sudeste do país – esgotaram suas vegetações nativas (de peroba-rosa e pinho-do-paraná, sobretudo) e recorrem ao território para suprir a demanda. Sim, há ainda matas plantadas, especialmente de eucalipto e pínus, mas grande parte delas abastece empresas de celulose e papel e siderúrgicas. Autor da obra, o Studio MK27 adotou as regras ecológicas…

Leia Mais

Musa dos anos 90, Mônica Carvalho exibe corpão à beira da piscina

Musa dos anos 90, Mônica Carvalho exibe corpão à beira da piscina

Mônica Carvalho exibiu sua boa forma ao tomar sol na tarde desta quinta-feira (13). Aos 46 anos, a atriz curte dias de lazer na companhia do marido, Alaor Junior, em Jericoacoara, no Ceará. “Prazeres que a vida tem pra me dar”, escreveu na legenda da foto. Ela é mãe de duas meninas: Yaclara, de 13 anos, e Valentina, de 1 aninho. Musa da década de 1990, Mônica ficou famosa ao aparecer nua na abertura da novela Mulheres de Areia (1993). Na TV, ela participou de novelas como A Indomada (1997),…

Leia Mais

Ex-prefeita ‘ostentação’ é acionada por fraude em licitação de serviço funerário

Ex-prefeita ‘ostentação’ é acionada por fraude em licitação de serviço funerário

Lidiane Leite, ex-prefeita de Bom Jardim (MA) (Foto: Arquivo pessoal) O Ministério Público ajuizou uma Ação Civil Pública contra a ex-prefeita do município de Bom Jardim, a 275 km de São Luís, por suspeita de ilegalidade na contratação de empresa especializada em serviços funerários. Lidiane Leite ficou conhecida nacionalmente como a “prefeita ostentação” após mostrar uma vida de luxo nas redes sociais. Em abril, a Justiça pediu a indisponibilidade de bens dela por fraude de licitação de R$ 480 mil para aquisição de fardamento escolar para a rede municipal de…

Leia Mais

Como é a enigmática e rica região no meio do Oceano Pacífico que pode redefinir o futuro da mineração

Como é a enigmática e rica região no meio do Oceano Pacífico que pode redefinir o futuro da mineração

A região de Clarion-Clipperton é rica em nódulos de manganês, que contêm minerais como cobre e níquel (Foto: Nautilus Minerals) A região Clarion-Clipperton, no oceano Pacífico, guarda no fundo do mar um tesouro que representa um dilema para toda a humanidade. Ali, a 4 mil metros abaixo da superfície marinha, distância equivalente a cinco vezes o tamanho do Burj Khalifa, o prédio mais alto do mundo, encontram-se vastos depósitos de nódulos de manganês, pedras ricas em níquel, cobre, cobalto e outros minerais essenciais para a fabricação de equipamentos – de…

Leia Mais

Criminosos usam policiais como reféns para roubar banco em Jacundá

Criminosos usam policiais como reféns para roubar banco em Jacundá

ras Bandidos fazem policiais reféns e roubam caixas eletrônicos de agência bancária de Jacundá A polícia do Pará faz buscas na região sudeste do estado para tentar localizar integrantes da quadrilha de ladrões de bancos que assaltaram uma agência do Banco do Brasil em Jacundá. O crime aconteceu por volta de 3h30 desta quinta-feira (13), logo após os assaltantes renderem um grupo de policiais militares que foram usados como reféns durante o assalto (veja vídeo acima). Segundo a polícia, cerca de 11 homens armados participaram da ação criminosa. Eles conseguiram…

Leia Mais

A reviravolta no caso Grégory Villemin, menino de 4 anos cujo assassinato intriga a França há 3 décadas

A reviravolta no caso Grégory Villemin, menino de 4 anos cujo assassinato intriga a França há 3 décadas

Grégory Villemin tinha 4 anos quando foi encontrado morto no rio Vologne, na França (Foto: Handout via Reuters) O assassinato do pequeno Grégory Villemin, há 32 anos, é um dos maiores enigmas policiais da história moderna da França. Em 16 de outubro de 1984, o corpo do menino de 4 anos apareceu com as mãos e os pés atados no rio Vologne, perto de sua casa, no nordeste do país. Sua morte desencadeou uma trama de rivalidades familiares, cartas anônimas com ameaças, pistas falsas e erros judiciais que geraram um…

Leia Mais