O plano nazista para roubar a Amazônia

O plano nazista para roubar a Amazônia

   (Bruno Algarve/Superinteressante) Em um cemitério de Laranjal do Jari, no Amapá, uma sepultura se destaca. Trata-se de uma cruz de madeira com dois metros de largura, três de altura e suástica no topo. Abaixo do símbolo nazista, palavras em alemão informam: “Joseph Greiner faleceu aqui em 2-1-36 de morte febril em serviço de exploração para a Alemanha. Expedição Jari, 1935-1937”. Durante 17 meses, alemães exploraram o afluente do Amazonas com fins científicos – entre eles, Greiner. E seu líder, Otto Schulz-Kampfhenkel, foi além: elaborou um plano de invasão e colonização…

Leia Mais

Maurício Lopes pode ser o novo Ministro do Meio Ambiente

Maurício Lopes pode ser o novo Ministro do Meio Ambiente

Passou quase despercebido, mas na posse dos novos ministros um não esteve presente: Edson Duarte, secretário-executivo do Meio Ambiente, assumiu a pasta, após saída de Sarney Filho. Não foi sem querer. A estratégia do Planalto e mantê-lo interino, sem chamar a atenção, até o fim do ano. Um dos primeiros atos de Sarney Filho a frente do MMA foi enterrar o licenciamento ambiental da hidrelétrica de São Luiz do Tapajós. A decisão de Sarney inviabilizou a Plano Decenal de Energia Elétrica, cuja responsabilidade é do Ministério de Minas e Energia…

Leia Mais

É necessário um ministério do Meio Ambiente?

É necessário um ministério do Meio Ambiente?

  Esplanada dos Ministérios visto do Senado. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado. Tanto no Brasil quanto no Peru há aqueles que, da política ou de outras trincheiras, recentemente relançaram a ideia de que as funções dos ministérios do Meio Ambiente deveriam ser integradas com as de outros ministérios. Dos 23 países latino-americanos, há 17 que possuem ministérios do Meio ambiente, nos quais o Meio Ambiente é responsabilidade exclusiva ou compartilhada com questões intimamente associadas, como recursos naturais, desenvolvimento sustentável ou água. Seis têm a responsabilidade ambiental como segunda missão. Nenhum, nem…

Leia Mais

Um novo curso superior de engenharia está sendo criado pela USP

Um novo curso superior de engenharia está sendo criado pela USP

  Engenheira: tema da complexidade em engenharia é alvo de pesquisa em universidades estrangeiras (chombosan/Thinkstock) São Paulo – Inédito no Brasil, o curso de Engenharia da Complexidade é a proposta da Escola Politécnica (Poli) da USP para formar o engenheiro do futuro: um profissional capaz de propor soluções em ambientes de alta complexidade. Alguns dos detalhes foram apresentados em colóquio na Poli, no começo do mês. Com metodologia de ensino/aprendizagem por projetos, o curso irá de encontro à prática corrente da ciência e da engenharia de enxergar sistemas e suas partes…

Leia Mais