Justiça manda prender megaempresário por dívida milionária com pensão alimentícia

Justiça manda prender megaempresário por dívida milionária com pensão alimentícia

Uma dívida milionária de pensão alimentícia para a ex-mulher pode resultar na prisão ainda nesta segunda-feira (1º) do megaempresário Reinaldo Bertin, dono do Grupo Bertin. Sua ex-mulher cobra uma dívida de R$ 1,2 milhão. Bertin alega que não efetuou o pagamento por conta de estar atualmente com os seus bens bloqueados judicialmente e suas empresas em processo de recuperação judicial. A 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) cassou na semana passada uma liminar que garantia a liberdade de Bertin. “O executado é empresário de renome, que acumulou fortuna…

Leia Mais

Incra põe fim definitivo na “Indústria da Reforma Agrária” e impõe nova derrota ao MST (Veja o Vídeo)

Incra põe fim definitivo na “Indústria da Reforma Agrária” e impõe nova derrota ao MST (Veja o Vídeo)

Acabou definitivamente a bandalheira proporcionada pelo PT durante o longo período em que permaneceu no governo. A reforma agrária sem critérios e visando apenas o enriquecimento e o aparelhamento da facção criminosa denominada Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), acabou definitivamente. O General João Carlos de Jesus Correia, atual presidente do Incra, já enviou uma ordem expressa para todos os superintendentes regionais, determinando a suspensão de vistoria nos imóveis rurais. Sem as vistorias, cessam as desapropriações. Fonte: jornaldacidadeonline

Leia Mais

Agente de trânsito é preso suspeito de empurrar a esposa do segundo andar de casa em Parauapebas

Agente de trânsito é preso suspeito de empurrar a esposa do segundo andar de casa em Parauapebas

Agente de trânsito é preso em Parauapebas por suspeita de feminicídio A Polícia Civil prendeu um agente de trânsito em flagrante no domingo (31) por suspeita de feminicídio. Ele é apontado como autor do assassinado da esposa Dayse Dyana Sousa e Silva, de 35 anos. O crime aconteceu na manhã de domingo (31). Segundo a polícia, ele teria empurrado a mulher do segundo andar da casa onde moravam. Dayse havia conseguido na Justiça o direito a medidas protetivas por conta de agressões cometidas pelo marido, de quem estava se separando….

Leia Mais