5 investimentos (não financeiros) que vão ajudar você a ficar milionário

Livros

Para ser um milionário, tudo o que você tem que fazer é ganhar muito dinheiro. Certo? Não necessariamente. Pelo menos é o que acredita Chris Reining, investidor que aos 37 anos alcançou o primeiro milhão, se aposentou e parou de trabalhar. Para ele, ter seis dígitos na conta e mantê-los tem muito mais a ver com viver dentro dos seus meios e investir em aprendizado e networking do que pensar só em ganhar mais e mais.”Levei muito tempo para perceber que têm muitas despesas que podemos cortar para então nos concentrarmos em ganhar mais. Primeiro economiza, depois invista e depois desenvolva habilidades para manter esse dinheiro. O sucesso não é apenas investir em coisas como ações ou imóveis, é investir em você mesmo”, afirma Reining, segundo o CNBC.

Ele compartilhou 5 investimentos que o ajudaram a se tornar milionário – e não são aplicações financeiras.  Confira:

Escolha um mentor

“O maior erro de carreira que cometi foi não ter um mentor. Eu pensei que quanto mais você trabalha, mais rápido você sobe. Na verdade, a chave para progredir é mostrar seu valor”, explica Reining. Um mentor  oferece esse tipo de orientação.

Segundo ele, você deve procurar alguém que esteja no mínimo cinco anos à sua frente em sua carreira. Alguém que você admire, esteja na posição que queira ou o talento que você quer desenvolver. Marque um café e peça orientações e ajuda de forma clara e honesta. “Surpreendentemente, a maioria das pessoas diz sim”, revela.

E quando encontrá-los, certifique-se de levar uma lista de perguntas, problemas ou tópicos que deseja abordar. Diga-lhes rapidamente o que você conquistou recentemente e quais os desafios que enfrenta e quais abordagens você pode fazer para solucioná-los. “Eu não estaria onde estou hoje sem estar em contato com as pessoas que eu admiro”, diz.

Se cerque das pessoas certas

Se você não está se cercando de pessoas inteligentes e ambiciosas, é hora de mudar isso. Esteja em contato com pessoas talentosas, converse com elas, peça opiniões e ouça todos os conselhos, debater e compartilhar conhecimento. “Depois de encontrar apenas mentores que cobraram muito caro para me ajudar, tentei começar meu próprio grupo. O primeiro falhou, assim como o segundo. Então, enquanto participava de uma conferência em Portland, eu estava conversando com um cara que mencionou que seu mentor estava procurando outro membro. Desde 2015, nós quatro nos reunimos a cada semana por uma hora, e estou impressionado com o quanto cresci com o conselho e o conhecimento do grupo”, conta o investidor.

Desenvolver o máximo de habilidades que conseguir

Warren Buffett foi questionado sobre o que ele achava que seria o melhor investimento. “Investir em si mesmo é a melhor coisa que você pode fazer. Qualquer coisa que melhore seus próprios talentos porque isso ninguém pode tirá-lo de você. Maximizar seus talentos por trazer um retorno surpreendente”, disse o bilionário. 

Esse poderia muito ser o melhor conselho de investimento que Buffett já deu. Foque em desenvolver as habilidades que já tem e aprender novas. Como falar em público, escrever melhor, aprender design, táticas de persuasão, estratégias de tecnologia ou uma segunda língua. “É assim que você se torna mais valioso e, quando você é mais valioso, as pessoas pagam mais pelo que você faz”, afirma Reining.

Essa questão está relacionada ao fato de que para conquistar seu primeiro milhão,  você não pode desistir de aprender mais. Sempre esteja disposto a ler um livro, assistir um vídeo que agregue algo no seu dia a dia. 

Saiba agilizar decisões

Saber tomar decisões de forma ágil é importante. Não é sobre decidir coisas na pressa e fazer escolhas erradas. É sobre não perder tempo com decisões simples, como onde almoçar. Nunca conseguia almoçar em uma hora. Então eu decidi tentar comer o mesmo almoço simples todos os dias: um sanduíche e iogurte. Parece insano, mas isso mudou minha vida. Eu não precisava mais pensar no almoço porque a decisão já havia sido tomada para mim”, afirmou Reining.

Não perca tempo com decisões bobas, defina padrões para agilizar sua vida. COmo por exemplo, colocar R$ 500 em um investimento rentável todo mês assim que seu salário cair para garantir que esse dinheiro será destinado a uma viagem ou qualquer outra finalidade. 

Fonte: Infomoney

Jaqueline Alves

Graduada em Ciências Sociais e Engenheira Ambiental. Especialista em Direito Ambiental; Direito Municipal; Gestão Pública; Engenharia e Segurança do Trabalho; MBA em Petróleo e Gás e Auditoria Ambiental

Artigos relacionados

Deixe um comentário