Proclamação da República: por que, 128 anos depois, historiadores concordam que monarquia sofreu um ‘golpe’

Proclamação da República: por que, 128 anos depois, historiadores concordam que monarquia sofreu um ‘golpe’

  Meses após o Marechal Deodoro da Fonseca enganar a própria mulher, burlar as recomendações médicas e levantar da cama – onde havia passado a madrugada daquele 15 de novembro febril – para proclamar a República brasileira, o país já conhecia a primeira crítica articulada sobre o processo que havia removido a monarquia do poder em 1889. Escrito pelo advogado paulistano Eduardo Prado, o livro Os Fastos da Ditadura Militar no Brasil, de 1890, argumentava que a Proclamação da República no Brasil tinha sido uma cópia do modelo dos Estados Unidos…

Leia Mais

As italianas que arriscaram suas vidas combatendo os nazistas com a escrita

As italianas que arriscaram suas vidas combatendo os nazistas com a escrita

Eu prendi minha bicicleta vermelha enferrujada e cheguei ao jardim da antiga fábrica de processamento de couros Conceria Fiori. Entrei no prédio e me dirigi ao terraço no qual o Restaurante Piazza dei Mestieri serve massas caseiras e chocolates feitos à mão. Mas não fui lá para comer, e sim para aprender sobre o trabalho antifascista desempenhado ali e em toda a Turim durante a Segunda Guerra Mundial. Depois de explicar o motivo de estar ali para a garçonete, ela pegou um conjunto de chaves e me disse para eu…

Leia Mais

Os rituais da supersecreta maçonaria feminina

Os rituais da supersecreta maçonaria feminina

Maçonarias femininas existem há mais de cem anos – e conduzem iniciações, cerimônias e rituais, assim como as masculinas. O programa da BBC Victoria Derbyshire teve acesso único a essas sociedades supersecretas no Reino Unido: “O que é maçonaria?”, pergunta uma mestre da Fraternidade Honorária dos Antigos Maçons. “Um sistema peculiar de moralidade baseado em alegorias e ilustrado por símbolos”, responde Dialazaza Nkela. Ela está participando de uma cerimônia para alcançar o “segundo grau” e celebra sua ascensão dentro da sociedade. O “primeiro grau” marcou a iniciação de Nkela no…

Leia Mais

Como a União Soviética influenciou o surgimento e a expansão do radicalismo islâmico

Como a União Soviética influenciou o surgimento e a expansão do radicalismo islâmico

  Com o triunfo da Revolução Russa em 1917, há cem anos, poucos aspectos da história do século 20 escaparam da influência da superpotência então nascida. O islã e as sociedades islâmicas não foram uma exceção. No momento do colapso da União Soviética (URSS), no início dos anos 1990, cerca de 50 milhões de muçulmanos viviam ali – a quarta maior população islâmica do mundo na época. Seis das quinze antigas repúblicas da URSS, concentradas na Ásia Central (Cazaquistão, Quirguistão, Tajiquistão, Azerbaijão, Turcomenistão e Uzbequistão), eram de maioria muçulmana. Além…

Leia Mais

Como a engenharia alterou os rumos da Segunda Guerra Mundial

Como a engenharia alterou os rumos da Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial foi o conflito global mais sangrento da história da humanidade. É inegável que esse evento foi uma lástima em nossa trajetória, responsável por danos irreparáveis às nações participantes: milhões de vidas perdidas. Porém, por trás de todo horror da guerra, a ciência estava progredindo muito em função dos progressos na engenharia nos países aliados (EUA, Inglaterra, União Soviética e França) e nos países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão). Esses avanços foram um dos motivos que fez com que a Alemanha conseguisse mergulhar a Europa em…

Leia Mais

Os russos que vieram para o Brasil fugindo da revolução comunista de 1917

Os russos que vieram para o Brasil fugindo da revolução comunista de 1917

Arquivo Pessoal/BBC Nicolau Ivanovich Vassilnenko (de preto) era capitão do Exército Branco quando os bolcheviques tomaram o poder; para não ser mandado à prisão na Sibéria ou, pior, fuzilado com tiro na nuca, fugiu às pressas e se instalou no Brasil Durante muito tempo, o pai de Igor Chnee, Anatóli, seguiu um mesmo ritual: na noite de Réveillon, ele abria uma garrafa de champanhe, fazia um brinde à Rússia e desejava, do fundo do coração, regressar à terra natal. Ex-tenente do Exército Branco durante a sangrenta guerra civil russa, que…

Leia Mais

Wu Zetian: a primeira (e única) mulher a se tornar imperador da China

Wu Zetian: a primeira (e única) mulher a se tornar imperador da China

Por muito tempo, rainhas e imperatrizes reinantes eram (quase) forçadas a governar como se fossem homens. Qualquer crítica seria duas vezes mais intensa para elas do que para eles. Mulheres como Cristina da Suécia ou Elizabeth I da Inglaterra, por exemplo, já suscitaram debates calorosos quanto aos seus modos de proceder. A primeira teria chegado ao ponto de se vestir com calças masculinas, causando assim escândalo da corte, enquanto a segunda, no seu famoso discurso para as tropas de Tilbury, em 1588, disse que “eu sei que tenho o corpo…

Leia Mais