Ministério Público explica como casal extorquia donos de terras no sul do Pará

Ministério Público explica como casal extorquia donos de terras no sul do Pará

MP explicou como advogada e Major extorquia donos de terras da região sudeste do estado Depois da prisão da advogada e ex-procuradora de Tucuruí e do marido dela, major da polícia militar, na última segunda-feira (11), o Ministério Público explicou como o casal extorquia donos de terras da região sudeste do estado.Segundo as investigações, a advogada falsificava documentos e o PM desviava militares da segurança pública para fazerem serviços particulares. O nome do Major Leonardo do Carmo Oliveira aparece em um contrato onde nele o dono de uma fazenda invadida…

Leia Mais

PF faz operação contra grupo que estaria vendendo lotes de terras públicas no sudeste do Pará

PF faz operação contra grupo que estaria vendendo lotes de terras públicas no sudeste do Pará

Investigados estariam desmatando área de preservação ambiental. (Foto: Divulgação/ Polícia Federal) Uma operação da Polícia Federal chamada Dominadores do Lago cumpre nesta terça-feira (12) cinco mandados de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para depor e três de busca e apreensão no sudeste do Pará. De acordo com a PF, os alvos da operação são pessoas que estariam promovendo o loteamento ilegal da região conhecida como Lago dos Macacos, localizada entre os municípios de Marabá e Itupiranga. Os crimes investigados são os de invasão de terras públicas, estelionato e…

Leia Mais

Quanto vale um rio?

Quanto vale um rio?

Os pezinhos do índio cobrem quase toda a superfície da pedra, visível apenas no verão, quando o rio Cateté está mais baixo por causa da seca. Ele se desequilibra, e uma manobra intuitiva o faz cair sentado no exato local onde antes estava em pé. Instantaneamente, seus olhos procuram os da avó, que está uns poucos metros adiante, lavando roupa com metade do corpo submerso na água. O menino sorri, divertindo-se com a própria habilidade para evitar o tombo. Ele tem o corpo decorado com grafismos que imitam padrões da…

Leia Mais

Conheça as “pedras vivas” da Romênia, que crescem, respiram e se “reproduzem”

Conheça as “pedras vivas” da Romênia, que crescem, respiram e se “reproduzem”

A natureza nos oferece fenômenos cada vez mais curiosos para os quais, em muitos os casos, ainda não temos uma explicação. Na Romênia, por exemplo, há as estranhas Trovants, que poderiam ser consideradas simples pedras, se não fosse pelo fato delas crescerem, respirarem e se moverem. As estranhas formações foram observadas na pequena cidade de Costesti, e desde que foram descobertas, há algumas décadas, vêm causando surpresa e admiração nos turistas. Os moradores as nomearam como “Trovants”, porque o nome significa “pedras que crescem”. Quando comparadas às pedras normais, as…

Leia Mais

A legislação ambiental brasileira é restritiva demais para os negócios?

A legislação ambiental brasileira é restritiva demais para os negócios?

Vista do Pico Caratuva, no Paraná (Foto: Zig Koch – Divulgação) Em outubro deste ano, foi divulgado o resultado de um estudo realizado pelo Climate Policy Initiative, relacionado no Brasil ao Núcleo de Avaliação de Políticas Climáticas (CPI/NAPC), da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Com apoio da Sociedade Rural Brasileira e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o trabalho levaria à conclusão, segundo a agência, que, em termos mundiais, o Brasil tem “a legislação florestal mais restritiva entre os grandes produtores de alimentos”….

Leia Mais

Na floresta, Ibama usa ciência para verificar legalidade da madeira

Na floresta, Ibama usa ciência para verificar legalidade da madeira

A procura pela origem das toras que enchem os pátios das serrarias do noroeste de Mato Grosso tem etapas que lembram uma investigação policial. Na tentativa de identificar fraudes, é preciso chegar ao local exato no qual a árvore foi cortada e extrair as pistas contidas no toco que restou em meio à mata. O resultado deve corresponder exatamente aos sinais observados na tora que chegou à indústria. O trabalho de análise das toras tem ocupado dias e noites de equipes do Ibama que vieram de Minas Gerais e Goiás…

Leia Mais

Julgamento preocupa mineradora canadense

Julgamento preocupa mineradora canadense

Alojamento da mineradora canadense Belo Sun no Pará (Foto: Reprodução) O Tribunal Regional Federal da 1ª Região deverá julgar na quarta-feira (6) se a mineradora canadense Belo Sun pode explorar ouro no município paraense de Senador José Porfírio, a 830 quilômetros de Belém. A empresa alega ter investido mais de R$ 1 bilhão no projeto denominado “Volta Grande”. O Ministério Público Federal é contra a liberação da instalação. A discussão gira em torno de um estudo de impacto da atividade nas áreas indígenas. O MP disse que a Belo Sun…

Leia Mais