Coordenador da Casa Civil do Pará é preso em operação da Polícia Federal

PF faz operação contra servidores e empresários que teriam desviado R$ 23 milhões da UFRA

PF faz operação contra servidores e empresários que teriam desviado R$ 23 milhões da UFRA

A Polícia Federal cumpriu sete mandados de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão durante a operação Saldo Zero, realizada nesta quarta-feira (27) em Belém e Ananindeua, região metropolitana. Durante a operação, o coordenador de núcleo da Casa Civil do Governo do Pará, Jardel Rodrigues da Silva, foi preso por suposto envolvimento no esquema criminoso. Em fevereiro, ele chegou a assumir interinamente o cargo de chefe da autarquia.

A operação Saldo Zero serviu desarticular uma associação criminosa que estaria atuando na Fundação de Apoio à Pesquisa, Extensão e Ensino em Ciências Agrárias (FUNPEA) e desviando recursos públicos federais da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). Ao todo foram desviados R$ 23,5 milhões.

De acordo com o promotor de justiça do Ministério Público do Pará (MPPA) Sávio Brabo, no período de 2014 a 2018, Jardel Rodrigues da Silva atuou como diretor da Funpea, onde era responsável pelas implantações dos projetos de políticas públicas e serviços públicos que nunca foram executados.

“Além dele ser diretor (na época), também foi constatado que ele era sócio de fornecedores da Funpea. Então essa é uma relação promíscua que ocasionou desvio do recurso público, que atualmente foi apurado em torno de R$ 23,5 milhões”, afirmou o promotor do MPPA.

Em nota, o Governo do Pará informou que Jardel Rodrigues da Silva não exerce, atualmente, o cargo de chefe em exercício. Ele ocupou a função apenas nos dias 14 e 15 de fevereiro. Nas edições dos dias 15 e 18 de fevereiro do Diário Oficial do Estado, foram publicados atos assinados pelo servidor como chefe em exercício, mas esses atos são referentes aos dias 14 e 15, já que as publicações saem sempre no dia seguinte.

Ainda segundo a nota, a exoneração de Jardel Rodrigues da Silva será publicada na edição desta quinta-feira (28) do Diário Oficial do Estado.

Fonte: G1

Jaqueline Alves

Graduada em Ciências Sociais e Engenheira Ambiental. Especialista em Direito Ambiental; Direito Municipal; Gestão Pública; Engenharia e Segurança do Trabalho; MBA em Petróleo e Gás e Auditoria Ambiental

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.