Ex-vereador parcela dívida de R$ 307 mil por contratar servidor fantasma

 

Câmara Municipal de Cuiabá (Foto: Reprodução/TVCA)
Ex-parlamentar teria contratado funcionário fantasma para a Câmara de Cuiabá  (Foto: Reprodução/TVCA)

Condenado a pagar R$ 307 mil por contratar um servidor ‘fantasma’ para a Câmara de Cuiabá, o ex-vereador Wilson Celso Teixeira, deve parcelar a dívida a pedido da defesa, conforme decisão da Justiça. Os advogados do ex-parlamentar solicitaram que a dívida fosse parcelada, já que ele não teria condição de arcar com o pagamento à vista.

Até a publicação desta reportagem, o G1 não havia conseguido localizar a defesa do ex-vereador. De acordo com a sentença, à época em que era presidente da Câmara Wilson nomeou um cargo em comissão que, de fato, nunca foi ocupado por ninguém. No entanto, os valores referentes aos salários deste servidor foram integralmente pagos, segundo a Justiça.

A suposta fraude foi descoberta em 2011 após uma ação civil pública do Ministério Público Estadual. Ao todo, o prejuízo aos cofres públicos com a manutenção do servidor fantasma foi de R$ 32,7 mil. Teixeira ocupou uma cadeira na Casa de Leis entre 1996 e 2000.

Mensalmente o ex-vereador deve depositar cerca de R$ 12,8 mil em uma conta jurídica da prefeitura e apresentar os comprovantes do pagamento. Caso descumpra a decisão, a juíza estabeleceu multa de 10% do débito remanescente e vencimento antecipado das demais parcelas.

Fonte: G1

Jaqueline Alves

Graduada em Ciências Sociais e Engenheira Ambiental. Especialista em Direito Ambiental; Direito Municipal; Gestão Pública; Engenharia e Segurança do Trabalho; MBA em Petróleo e Gás e Auditoria Ambiental

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.