Fundo soberano da Arábia Saudita fará investimento de até US$ 10 bilhões no Brasil

(José Dias/PR)

SÃO PAULO – O fundo soberano da Arábia Saudita investirá até US$ 10 bilhões – ou cerca de R$ 40 bilhões – no Brasil, conforme declaração conjunta feita pelos dois países nesta terça-feira (29).

O comunicado foi emitido logo após a reunião do presidente Jair Bolsonaro com o príncipe herdeiro Mohammed bin Salman.

Ainda não há prazo nem setores de destino para os investimentos. Segundo Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores, para que aconteça isso, um conselho será formado nos próximos meses com participação de representantes dos governos e da iniciativa privada dos dois países.

Já Onyx Lorenzoni, ministro da Casa Civil, destacou que o Brasil é o sexto país a receber investimento do fundo soberano. Os demais são: Estados Unidos, Japão, França, África do Sul e Rússia.

Apesar de não darem mais detalhes, Araújo e Lorenzoni afirmaram que o dinheiro provavelmente será direcionado para projetos de infraestrutura e agronegócio.

Bolsonaro está na Arábia Saudita, depois de passar por Catar e Emirados Árabes Unidos.

No Oriente Médio, o objetivo do presidente e sua comitiva de ministros é justamente atrair os investidores, em especial para os projetos de concessões e privatizações do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

Leia mais:
• Após Previdência, Guedes vai enviar ao Congresso pacote para contas públicas

Os países dessa região são donos de grandes fundos soberanos em busca de oportunidades em países emergentes. Eles também são grandes compradores de produtos do agronegócio brasileiro e compradores promissores de produtos de defesa.

Antes da viagem de volta ao Brasil, o presidente ainda deve participar de um fórum sobre investimentos futuros. A previsão é que ele chegue na quinta-feira (31) pela manhã em Brasília.

O presidente viajou no dia 19 e passou por cinco países da Ásia e Oriente Médio: Japão, China, Amirados Árabes Unidos, Catar e, por último, a Arábia Saudita.

Confira a declaração conjunta:

Por ocasião da visita oficial do Presidente da República Federativa do Brasil ao Reino da Arábia Saudita, Sua Excelência, o Senhor Jair Bolsonaro, e Sua Alteza Real, o Príncipe Mohammed bin Salman, discutiram perspectivas para o fortalecimento de investimentos bilaterais entre o Brasil e a Arábia Saudita.

Os dois lados expressaram seu apoio à concordância do Fundo de Investimento Público saudita (PIF) em explorar potenciais oportunidades de investimentos mutuamente benéficos em até US$ 10 bilhões, em parceria com a República Federativa do Brasil.

O lado brasileiro expressou seu compromisso para trabalhar juntamente com o PIF para auxiliar na facilitação da iniciativa, incluindo no esclarecimento acerca do marco legal e institucional mais apropriado para investimentos na economia brasileira.

Os dois lados fizeram referência às reformas econômicas estruturais e iniciativas promovidas pelo Governo do Presidente Jair Bolsonaro com vistas ao aprimoramento do ambiente de negócios, de modo a aumentar a atratividade da economia brasileira para investidores estrangeiros. Indicaram, ademais, as potenciais oportunidades para investimentos expressivos e com retornos de grande atratividade para o mercado, em projetos inseridos no Programa de Parcerias de Investimentos do Governo Federal do Brasil.

Fonte: Infomoney

Jaqueline Alves

Graduada em Ciências Sociais e Engenheira Ambiental. Especialista em Direito Ambiental; Direito Municipal; Gestão Pública; Engenharia e Segurança do Trabalho; MBA em Petróleo e Gás e Auditoria Ambiental

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.