Gráficos mostram como a Terra ficou mais quente nos últimos 100 anos

Gráfico foi feito com base em dados coletados em 190 países  (Foto: Antti Lipponen/NASA GISS Surface Temperature Analysis (GISTEMP))

Gráfico foi feito com base em dados coletados em 190 países (Foto: Antti Lipponen/NASA GISS Surface Temperature Analysis (GISTEMP))

O meteorologista finlandês Antti Lipponen produziu um vídeo revelando as anomalias de temperatura ao redor do mundo desde 1900. (Assista ao vídeo)

Ele analisou dados de 190 países nas cinco regiões do globo coletados pela Nasa, a agência especial americana.

Lipponen calculou primeiro a temperatura média de 1951 a 1980 em cada país – o que chamou de período-base.

Meteorologista mostrou as anomalias de temperatura desde 1900 (Foto: Antti Lipponen/NASA GISS Surface Temperature Analysis (GISTEMP))Meteorologista mostrou as anomalias de temperatura desde 1900 (Foto: Antti Lipponen/NASA GISS Surface Temperature Analysis (GISTEMP))

Meteorologista mostrou as anomalias de temperatura desde 1900 (Foto: Antti Lipponen/NASA GISS Surface Temperature Analysis (GISTEMP))

Então, comparou ano a ano as variações de temperatura relativas à média dessa base de referência.

No gráfico, as barras azuis mostram os anos em que as temperaturas estão abaixo da média.

As barras laranjas, por outro lado, que as temperaturas estão bem acima da média.

A conclusão foi de que a Terra está ficando mais quente, comprovando mais uma vez o aquecimento global.

Barras azuis mostram aos com temperaturas abaixo da média (Foto: Antti Lipponen/NASA GISS Surface Temperature Analysis (GISTEMP))Barras azuis mostram aos com temperaturas abaixo da média (Foto: Antti Lipponen/NASA GISS Surface Temperature Analysis (GISTEMP))

Barras azuis mostram aos com temperaturas abaixo da média (Foto: Antti Lipponen/NASA GISS Surface Temperature Analysis (GISTEMP))

Fonte: BBC

Jaqueline Alves

Graduada em Ciências Sociais e Engenheira Ambiental. Especialista em Direito Ambiental; Direito Municipal; Gestão Pública; Engenharia e Segurança do Trabalho; MBA em Petróleo e Gás e Auditoria Ambiental

Artigos relacionados

Deixe um comentário