Jovem de 17 anos é apreendida suspeita de matar a avó de criação em condomínio de luxo em BH

Uma adolescente de 17 anos foi apreendida nesta terça-feira (5) em Belo Horizonte suspeita de matar a avó de criação e ocultar o corpo dentro da casa dela, em um condomínio de luxo no bairro Santa Amélia, na Região da Pampulha em Belo Horizonte.

Segundo a Polícia Militar, a jovem confessou o crime e disse que matou a vítima a facadas em janeiro após uma briga. O corpo de Elizabeth Martins Augusto de Amorim, 57 Anos, estava enrolado em lençóis dentro de um cômodo da casa, que estava lacrado com uma lona na tentativa de reduzir a passagem de odor, de acordo com os militares.

Ainda segundo a corporação, a suspeita chegou a fazer uma festa na casa há cerca de 15 dias. Conforme a ocorrência, a jovem é filha de uma mulher adotada pela vítima, que também teria criado a adolescente.

Uma outra filha da vítima, que não conseguia contato com a mãe, foi quem localizou o corpo. Ela chamou um chaveiro para abrir a casa e se deparou com a situação.

A adolescente disse à polícia que agiu sozinha. Ela foi localizada na casa de um tio no bairro Fernão Dias, Região Nordeste de Belo Horizonte. Ela foi encaminhada para a delegacia de adolescentes e deve ser apreendida. O crime será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1

Jaqueline Alves

Graduada em Ciências Sociais e Engenheira Ambiental. Especialista em Direito Ambiental; Direito Municipal; Gestão Pública; Engenharia e Segurança do Trabalho; MBA em Petróleo e Gás e Auditoria Ambiental

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.