Canaã dos Carajás: Mina do Sossego não dá tranquilidade a povoado

Canaã dos Carajás: Mina do Sossego não dá tranquilidade a povoado

A Vila de Bom Jesus fica próxima ao complexo minerador da Vale (Akira Onuma / O Liberal) Moradores da Vila Bom Jesus, na zona rural de Canaã dos Carajás, não dormem mais direito. Eles temem um acidente na Mina do Sossego, da Vale, distante aproximadamente seis quilômetros daquela comunidade. Eles contam que a Vale usa explosivos para a extração de cobre. E que essas explosões causaram rachaduras em várias casas da vila, onde moram 600 famílias – o equivalente a mais de mil pessoas. “Explode lá e treme aqui”, disse…

Leia Mais

Risco de colapso em barragem na Califórnia provoca saída de mais de 188 mil pessoas

Risco de colapso em barragem na Califórnia provoca saída de mais de 188 mil pessoas

Dano em vertedouro da barrage de Oroville, na Califórnia, Estados Unidos, em registro feito no sábado (11) (Foto: California Department of Water Resources/William Croyle/ Reuters ) O risco de colapso da barragem de Oroville, na Califórnia, fez com que ao menos 188 mil pessoas deixassem suas casas desde domingo (12). As autoridades temem que os danos no vertedouro da barragem mais alta do país, provoquem uma inundação nas áreas próximas e atinja comunidades rurais ao longo do rio Feather. O Departamento de Recursos Hídricos da Califórnia chegou a informar no…

Leia Mais

Projeto de usina prevê alagar área de 7 mil campos ao aumentar reservatório

Projeto de usina prevê alagar área de 7 mil campos ao aumentar reservatório

A Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) começou a discutir o projeto de lei que visa aumentar o reservatório da Usina Santo Antônia em 20%. A proposta, segundo informações obtidas pela Rede Amazônica, prevê que o nível da água no lago aumente em 80 centímetros, o que equivale ao alagamento de 75 Km², ou seja, mais de 7 mil campos de futebol. Se for aprovado, o nível do reservatório no Rio Madeira também vai atingir quatro unidades de conservação, em Porto Velho. Errata: O Jornal de Rondônia errou ao informar que o…

Leia Mais

Liquefação causou rompimento de barragem da Samarco

Liquefação causou rompimento de barragem da Samarco

  Tragédia em Mariana: a liquefação foi consequência de uma cadeia de eventos e condições, diz investigação Nova Lima – A perda de estabilidade na fundação de rejeitos da barragem de Fundão, da Samarco, em um processo conhecido como liquefação, foi a causa do rompimento da estrutura, em novembro do ano passado, concluiu uma investigação independente contratada pelas mineradoras Samarco, Vale e BHP Billiton. A liquefação foi consequência de uma cadeia de eventos e condições, disse nesta segunda-feira Norbert Morgenstern, chairman do painel de especialistas da Cleary Gottlieb Steen &…

Leia Mais

Impacto de barragens hidrelétricas é subestimado, diz estudo

Impacto de barragens hidrelétricas é subestimado, diz estudo

Os efeitos da construção de barragens de usinas de energia hidrelétrica podem ser subestimados. Um novo estudo publicado na revista científica Science investiga o assunto. O estudo é importante para países que utilizam esse tipo de fonte de energia – como é o caso do Brasil. O estudo foi feito tomando como base as bacias dos rios Amazonas, Congo (na África) e Mekong (na Ásia). O estudo ressalta que nesses três rios estão sendo construídas ou planejadas 450 barreiras para geração de energia. “As bacias desses três rios abrigam um…

Leia Mais

Transposição, adutoras e barragem darão fim à seca no RN, diz secretário

Transposição, adutoras e barragem darão fim à seca no RN, diz secretário

Dos projetos, apenas a Adutora Alto Oeste deve operar ainda este ano. Transposição do rio São Francisco e barragem de Oiticica, só em 2017. Obras da barragem de Oiticica, no município de Jucurutu, seguem atrasadas. Quando pronto, o reservatório será o terceiro do estado em capacidade de armazenamento d’água (Foto: Anderson Barbosa e Fred Carvalho/G1) A transposição das águas do rio São Francisco, a construção da barragem de Oiticica e a inauguração dos dois subsistemas da Adutora Alto Oeste darão fim à seca no Rio Grande do Norte. A opinião…

Leia Mais

Por falta de planejamento, maior barragem no ES nunca teve água

Por falta de planejamento, maior barragem no ES nunca teve água

Estrutura começou a ser construída em 2003 e custou R$ 17 milhões. Prefeitura não tinha dinheiro para indenizar desapropriados. A maior barragem do Espírito Santo, localizada em Pinheiros, nunca armazenou uma gota d’água. A construção começou em 2003 e custou mais de R$ 17 milhões, mas ainda não foi concluída por um erro de planejamento. Enquanto isso, moradores e agricultores dos arredores sofrem com a seca e a falta d’água na região. A construção da barragem começou a ser planejada em 2003, quando o governo federal e a prefeitura de…

Leia Mais

Vale e BHP Billiton cogitaram evacuar área antes de tragédia

Vale e BHP Billiton cogitaram evacuar área antes de tragédia

Três anos antes da queda da barragem da Samarco em Mariana (MG), que deixou 18 mortos e 1 desaparecido, as duas acionistas da mineradora, Vale e BHP Billiton, cogitaram retirar os moradores do distrito de Bento Rodrigues, destruído na tragédia. A Polícia Federal suspeita até que a Samarco tenha cogitado comprar a área. A possibilidade de saída dos habitantes do distrito consta de um trecho do diálogo entre o diretor de Operações da Samarco, Kleber Terra, e o gerente-geral de projetos da empresa, Germano Silva Lopes, em um sistema interno…

Leia Mais

Samarco fraudou documentos para manter barragem, diz MP

Samarco fraudou documentos para manter barragem, diz MP

A Samarco fraudou documentação e ocultou informações para conseguir junto a órgãos ambientais de Minas Gerais autorização para manter o funcionamento da barragem de Fundão, em Mariana, estrutura que se rompeu em 5 de novembro do ano passado matando 18 pessoas e deixando uma desaparecida. A informação é do promotor Mauro Ellovitch, que integra a força-tarefa montada pelo Ministério Público para apurar as causas do desastre. As investigações apontaram ainda que não havia licença ambiental para o depósito de rejeitos de minério de ferro da Vale, controladora da Samarco juntamente com a…

Leia Mais

A Tragédia em Mariana(MG) Rompimento da barragem da Samarco

A Tragédia em Mariana(MG) Rompimento da barragem da Samarco

A história da Vale do Rio Doce está intimamente ligada à construção da Estrada de Ferro Vitória-Minas, durante a qual os engenheiros ingleses envolvidos em seu projeto tomaram conhecimento da existência de uma grande reserva de minério de ferro naquela região. Investidores internacionais, passaram a adquirir terras proximas a Itabira e fundaram o Brazilian Hematite Syndicate, um sindicato que visava explorá-las. Em 1911 o empresário estadunidense Percival Farquhar adquiriu todas as ações do Brazilian Hematite Syndicate e mudou seu nome para Itabira Iron Ore Company. Percival Farquhar fez planos para…

Leia Mais