Com desmatamento, Noruega reduz pagamento à Amazônia em R$ 235 milhões

Com desmatamento, Noruega reduz pagamento à Amazônia em R$ 235 milhões

 O governo da Noruega cortou em 63% os repasses ao Fundo da Amazônia em 2017, em comparação com a média histórica entre 2009 e 2016. A redução ocorre em função do aumento do desmatamento na floresta amazônica, registrado no ano anterior. A Noruega é o maior doador ao Fundo da Amazônia e já destinou ao Brasil US$ 1,1 bilhão. Mas, em 2017, o governo brasileiro recebeu R$ 235 milhões a menos que em média tem sido pago pelos noruegueses desde 2009. Pelas regras da cooperação bilateral, o repasse é condicionado…

Leia Mais

STF decide se anistia do novo Código Florestal a quem desmatou é válida

STF decide se anistia do novo Código Florestal a quem desmatou é válida

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve concluir nesta quarta-feira um julgamento que tem dividido os membros da corte e terá repercussões para os agricultores e as regras de proteção ambiental no Brasil. Os ministros terminarão de analisar as quatro ações que questionam a constitucionalidade da Lei 12.651, também conhecida como o novo Código Florestal, sancionada em 2012 pela então presidente Dilma Rousseff. Entre os pontos questionados está o perdão a multas e sanções a agricultores que desmataram ilegalmente até 2008, um dos dispositivos mais polêmicos do novo código. Dez dos…

Leia Mais

Pesquisadores criam supermadeira tão resistente que pode substituir até o aço

Pesquisadores criam supermadeira tão resistente que pode substituir até o aço

Uma madeira mais resistente do que a natural e mais forte do que ligas de titânio foi desenvolvida por engenheiros da Universidade de Maryland, nos EUA, que dizem que sua invenção pode ser um importante substituto do aço. “É uma solução promissora na busca por materiais sustentáveis e de alto rendimento”, afirmou à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, Liangbing Hu, professor-associado de Ciência e Engenharia de Materiais da universidade e líder da equipe que desenvolveu o projeto, publicado no periódico científico Nature. Segundo ele, o produto final…

Leia Mais

Como a exploração de uma árvore nativa pode ajudar a reduzir o desmatamento na Amazônia

Como a exploração de uma árvore nativa pode ajudar a reduzir o desmatamento na Amazônia

  Image captionExperimento com plantio do paricá em áreas desmatadas teve início em 1995 | Foto: Ronaldo Rosa Uma técnica que recupera a floresta amazônica a partir do plantio de uma única espécie nativa pode ajudar a reconstituir uma área do tamanho do Estado do Paraná e reduzir a pressão sobre regiões preservadas. A técnica, desenvolvida pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, estatal vinculada ao Ministério da Agricultura) em parceria com uma empresa madeireira, consiste no plantio do paricá, árvore cuja madeira é usada para fazer laminados. Pesquisadores verificaram…

Leia Mais

Desmatadores doaram R$ 59 milhões a campanha de deputados; 6 ministros estão na lista…

Desmatadores doaram R$ 59 milhões a campanha de deputados; 6 ministros estão na lista…

Desmatamento em região próxima ao local onde os deputados decidiram reduzir a área de proteção, em Novo Progresso, Pará. Foto: Vinícius Mendonça/Ibama Quase metade dos deputados federais eleitos para a atual legislatura recebeu financiamento de doadores que estão na lista de autuados do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Dos 513 eleitos, 249 receberam um total de R$ 58,9 milhões em doações oficiais de empresas e pessoas que desmataram e queimaram florestas, entre outros crimes e infrações ambientais. O valor inclui contribuições diretas e indiretas…

Leia Mais

Na floresta, Ibama usa ciência para verificar legalidade da madeira

Na floresta, Ibama usa ciência para verificar legalidade da madeira

A procura pela origem das toras que enchem os pátios das serrarias do noroeste de Mato Grosso tem etapas que lembram uma investigação policial. Na tentativa de identificar fraudes, é preciso chegar ao local exato no qual a árvore foi cortada e extrair as pistas contidas no toco que restou em meio à mata. O resultado deve corresponder exatamente aos sinais observados na tora que chegou à indústria. O trabalho de análise das toras tem ocupado dias e noites de equipes do Ibama que vieram de Minas Gerais e Goiás…

Leia Mais

Cai exploração ilegal de madeira no Pará

Cai exploração ilegal de madeira no Pará

  O Ipê tem sido superestimado em planos de manejo, abrindo brechas para a exploração ilegal. Foto: Daniel Beltrá/Greenpeace Um novo estudo divulgado nesta quinta-feira pelo Imazon traz um fato inédito no Pará: pela primeira vez, a área autorizada para manejo florestal no estado é maior do que a explorada ilegalmente pelo setor madeireiro. A análise foi feita entre agosto de 2015 e julho de 2016, período em que 105,3 mil hectares de florestas foram explorados. Deste total, 56% tinham permissão da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade…

Leia Mais