TCU vê indícios de superfaturamento de R$ 3,4 bi em obras de Belo Monte

TCU vê indícios de superfaturamento de R$ 3,4 bi em obras de Belo Monte

O Tribunal de Contas da União (TCU) verificou indícios de superfaturamento de R$ 3,384 bilhões nas obras de construção da usina Belo Monte, no Pará. A corte deu prazo de 15 dias para que a Norte Energia, consórcio responsável pela hidrelétrica, e para o Consórcio Construtor Belo Monte, que foi contratado pela Norte Energia para construí-la, se manifestassem a respeito das irregularidades. Segundo o corte de contas, do superfaturamento total encontrado, R$ 2,893 bilhões referem-se a sobrepreços verificados nas obras civis e, outros R$ 490 milhões, a problemas no 2º…

Leia Mais