A ciência por trás do experimento agrícola mais longo da história

A ciência por trás do experimento agrícola mais longo da história

Vista aérea de Broadbalk: cada faixa do campo, de 6 hectares, é usada para um teste diferente e tem o solo em um estado distinto. Um dos pedaços não recebe fertilizantes desde 1843 (Rothamsted Research/Divulgação) Harpenden, Reino Unido* — “Não precisava ser tão longo, definitivamente.” É assim, de forma bem-humorada, que Ian Shield, agrônomo do instituto de pesquisa britânico Rothamsted Research, descreve o mais antigo experimento agrícola contínuo do mundo, Broadbalk. Mas apesar da piada, Shield também é enfático: pesquisadores já encontraram muitas respostas que só seriam possíveis em uma experiência…

Leia Mais