ISA apresenta suas propostas aos candidatos à Presidência da República nas eleições de outubro

ISA apresenta suas propostas aos candidatos à Presidência da República nas eleições de outubro

Já entregues às principais candidaturas à Presidência, as recomendações focam na questão do ordenamento territorial de Terras Indígenas, Quilombos, Áreas Públicas destinadas a comunidades tradicionais e Unidades de Conservação. Confira! https://www.socioambiental.org/sites/blog.socioambiental.org/files/nsa/arquivos/eleicoes-2018-propostas-isa_final.pdf Quase 32% do território brasileiro ou 2.732.198 km2, se constitui de parques e reservas (Unidades de Conservação), Terras Indígenas , Quilombos e Áreas Públicas destinadas a comunidades tradicionais. Nestas áreas se concentra a maioria da diversidade socioambiental do Brasil, que também detém uma das maiores diversidades culturais do mundo: 260 mil ribeirinhos, quase um milhão de indígenas e cerca…

Leia Mais

Fundo Amazônia é o único recurso no Brasil para custeio de combate ao desmatamento, diz ISA

Fundo Amazônia é o único recurso no Brasil para custeio de  combate ao desmatamento, diz ISA

Desmatamento no norte de Mato Grosso. Fiscalização de órgãos federais é mantida com dinheiro do Fundo Amazônia. Foto: Ibama. Oslo, Noruega – Dez anos após a criação do Fundo Amazônia, o Brasil continua órfão de uma estratégia de uso sustentável para as suas florestas. Esta crítica foi feita a ((o))eco pela coordenadora do Instituto Socioambiental (ISA), Adriana Ramos, durante o Fórum de Florestas Tropicais, que ocorreu na última semana de junho, nos dias 27 e 28. Realizado em Oslo, esta é a principal conferencia global sobre florestas tropicais promovido pelo…

Leia Mais

Terras Indígenas na mira do licenciamento

Terras Indígenas na mira do licenciamento

ISA realiza levantamento de empreendimentos que podem impactar Terras Indígenas caso novo projeto ruralista de licenciamento ambiental seja aprovado O novo texto do projeto de lei para alterar o licenciamento ambiental no país ameaça diretamente 45 Terras Indígenas (TIs) que já possuem projetos de infraestrutura ou de mineração planejados ou em operação. É o que mostra uma análise inédita publicada, na “semana do índio”, pelo ISA e elaborada por seu Programa de Monitoramento de Áreas Protegidas. A nota técnica mostra que, no total, há pelo menos 223 Tis cujos processo…

Leia Mais

Governo admite que custos socioambientais da Ferrogrão vão sobrar para os brasileiros

Governo admite que custos socioambientais da Ferrogrão vão sobrar para os brasileiros

Tarcísio Gomes de Freitas, representante do Governo Federal, afirmou que para atrair investidores privados, o governo está disposto a assumir a responsabilidade sobre os custos socioambientais do empreendimento que superem um teto pré estabelecido Indígenas Kayapó à espera da audiência pública no Senado, em que exigiram o cumprimento da Consulta|Midia Ninja O secretário de Coordenação de Projetos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Tarcísio Gomes de Freitas, admitiu na terça-feira (24), em seminário realizado na Câmara dos Deputados, que a União arcará com uma parcela ainda não dimensionada dos…

Leia Mais

Reação ao fim da Renca foi ‘histeria’, ‘infantilidade’ e ‘desinformação’, dizem geólogos

Reação ao fim da Renca foi ‘histeria’, ‘infantilidade’ e ‘desinformação’, dizem geólogos

Extinção de reserva foi promovida sem consulta ao Congresso e à sociedade civil (Foto: Reprodução/Rede Amazônica) A extinção da Renca – reserva mineral no Pará e no Amapá do tamanho da Dinamarca – é “o maior ataque à Amazônia em 50 anos”. O alarme ecoou no final de agosto em todo o mundo: da tribuna do Senado, pela voz do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), ao jornal inglês The Guardian. A forte reação deu resultado e o presidente Michel Temer determinou na quinta-feira (31) “a paralisação de todos os procedimentos relativos…

Leia Mais

Como é a enigmática e rica região no meio do Oceano Pacífico que pode redefinir o futuro da mineração

Como é a enigmática e rica região no meio do Oceano Pacífico que pode redefinir o futuro da mineração

A região de Clarion-Clipperton é rica em nódulos de manganês, que contêm minerais como cobre e níquel (Foto: Nautilus Minerals) A região Clarion-Clipperton, no oceano Pacífico, guarda no fundo do mar um tesouro que representa um dilema para toda a humanidade. Ali, a 4 mil metros abaixo da superfície marinha, distância equivalente a cinco vezes o tamanho do Burj Khalifa, o prédio mais alto do mundo, encontram-se vastos depósitos de nódulos de manganês, pedras ricas em níquel, cobre, cobalto e outros minerais essenciais para a fabricação de equipamentos – de…

Leia Mais

Como “Vale do Silício” na Amazônia pode ser único jeito de salvar floresta

Como “Vale do Silício” na Amazônia pode ser único jeito de salvar floresta

  Cientistas propõem transformar a biodiversidade da Amazônia em tecnologia A maior floresta tropical do planeta pode se transformar no próximo “Vale do Silício” e mudar os paradigmas de desenvolvimento sustentável. A proposta de fazer da Amazônia um polo de inovação tecnológica em grande escala parte de um grupo de cientistas que, em estudo publicado no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), defende que os 6,7 milhões de km² da floresta escondem matérias-primas que devem impulsionar a quarta revolução industrial. De acordo com os autores, produtos e serviços inovadores de alto valor agregado podem ser criados…

Leia Mais