Lixo na Amazônia ameaça aldeias indígenas e comunidades tradicionais

Lixo na Amazônia ameaça aldeias indígenas e comunidades tradicionais

Lixão a céu aberto no município de Cruzeiro do Sul, no Acre. Foto: Roberto Herrera O acúmulo de lixo pelas aldeias indígenas e comunidades tradicionais da Amazônia é um problema que precisa ser encarado e discutido, pois é uma ameaça real à saúde dessas populações e ao meio ambiente. Em áreas remotas, onde não há nenhum tipo de saneamento básico, muitas comunidades queimam seus resíduos como plásticos, vidros, metais e borracha e enterram o que não podem ou não conseguem queimar. A queima desses materiais emite gases de efeito estufa (GEEs) na atmosfera e…

Leia Mais

Primeiro mercado brasileiro que troca lixo por comida é inaugurado no Acre

Primeiro mercado brasileiro que troca lixo por comida é inaugurado no Acre

Imagine pegar todos os resíduos recicláveis da sua casa e usá-lo como moeda de troca em um mercado? Parece “coisa que só acontece na Europa”, mas não. Este estabelecimento já existe no Brasil e no lugar que ninguém ia imaginar: no Acre, norte do país. O mercado foi instalado na comunidade de Marechal Thaumaturgo por iniciativa de Benki Pianco, um chefe espiritual da tribo Ashaninka. E o melhor é que ele fornece alimentos produzidos pelos indígenas, fortalecendo a economia local. Cada quilo de material reciclável vale um cupom de R$…

Leia Mais

Os alemães e sua montanha de embalagens no lixo

Os alemães e sua montanha de embalagens no lixo

Os alemães são conhecidos como ávidos separadores dos diversos tipos de lixo e por reciclarem meticulosamente. De fato, o país é um dos campeões de reciclagem no mundo, reutilizando cerca de metade de seus resíduos. No entanto, números recentes da organização ambiental alemã Deutsche Umwelthilfe (DUH) mostram que a Alemanha também é boa – até demais – na produção de lixo. De acordo com a DUH, cada cidadão produz uma média de 213 quilos de resíduos de embalagens por ano, ou mais de 600 gramas por dia. Em comparação com…

Leia Mais

Maior termelétrica do Brasil que produz energia a partir do lixo começa a funcionar em SP

Maior termelétrica do Brasil que produz energia a partir do lixo começa a funcionar em SP

Você já imaginou em produzir energia através do lixo? Esse tipo de geração não só é possível, como uma realidade no Brasil. Ela é obtida através do gás metano liberado pelo lixo orgânico em decomposição, que é levado para dutos de captação do gás, onde passa por várias etapas, como limpeza, resfriamento e queima em motogeradores, para então ser gerada para a distribuidora. Segundo especialistas, esse tipo de geração de energia pode ajudar a aumentar o potencial elétrico no país. E no mês passado, começou a funcionar a Termoverde Caieiras,…

Leia Mais

Marabá: Jovens retiram 2 toneladas de lixo da praia

Marabá: Jovens retiram 2 toneladas de lixo da praia

Cerca de 30 pessoas do movimento “Segue-me”, formado por jovens da Igreja Católica, realizaram na manhã deste sábado (26) o mutirão de limpeza da Praia do Tucunaré, um dos principais balneários e pontos turísticos de Marabá. O dia foi de trabalho intenso para os voluntários, que percorreram toda a extensão da praia, transformada em reduto de lixo deixado por muitos frequentadores do local. Balanço preliminar do grupo aponta que perto de 2 mil quilos de entulho foram removidos do balneário durante a ação. De acordo com Antônio Márcio Farias Gonçalvez,…

Leia Mais

A reciclagem na Suécia é tão revolucionária que eles estão ficando sem lixo

A reciclagem na Suécia é tão revolucionária que eles estão ficando sem lixo

A Suécia está na liderança na gestão de resíduos sólidos urbanos, e dá exemplo ao resto do mundo. O país nórdico recicla 1,5 bilhão de garrafas e latas anualmente, uma quantidade impressionante para uma população de 9,3 milhões de pessoas. Os suecos produzem apenas 461 kg de lixo por ano (a média europeia é de 525 kg), e menos de 1% dessa quantidade acaba em aterros sanitários. Essa ênfase na sustentabilidade, porém, tem trazido um problema para a produção de eletricidade do país. O lixo queimado em 32 instalações de…

Leia Mais

A imagem de urso polar com lata presa na boca que serve de alerta para o lixo jogado no mundo

A imagem de urso polar com lata presa na boca que serve de alerta para o lixo jogado no mundo

A imagem dramática do filhote de urso polar, que passou duas semanas sem poder se alimentar porque tinha uma lata de leite condensado presa na língua (Foto: Dvorjchenko Vitaliy/The Siberian Times) Ambientalistas russos fizeram um alerta para os danos causados à vida selvagem pelo lixo que produzimos. O apelo ganhou força depois da divulgação das fotos de um filhote de urso polar que ficou com uma lata presa na boca. O caso ocorreu na remota ilha de Wrangel, um santuário natural no círculo Ártico, no extremo nordeste da Rússia, e…

Leia Mais