Justiça decreta indisponibilidade de bens de atual prefeito de Jacundá, no Pará, no valor de R$ 300 mil

Justiça decreta indisponibilidade de bens de atual prefeito de Jacundá, no Pará, no valor de R$ 300 mil

A Justiça decretou a indisponibilidade de bens de Ismael Gonçalves Barbosa (PSDB), atual prefeito de Jacundá, sudeste do estado, no valor de R$300 mil; além da assessora adjunta da Secretaria do Meio Ambiente e Turismo (Sematur), Necy Guedes de Oliveira, no valor de R$30 mil; da vereadora Maria Marta Costa, em R$35 mil; e da irmã de Necy, Maria Divina Guedes, no valor de R$4,8 mil. O G1 tenta contato com os investigados, mas ainda não obteve resposta. Os quatro são alvos de uma ação do Ministério Público do Estado…

Leia Mais