‘Enxergaram em mim coisas que eu não via’: a jovem porteira de Cuiabá que virou modelo internacional

‘Enxergaram em mim coisas que eu não via’: a jovem porteira de Cuiabá que virou modelo internacional

  O emprego na portaria de um prédio em Cuiabá (MT) é uma das lembranças mais recentes da jovem Rosangela Figueira da Silva Santos, de 23 anos. Durante dois anos, a rotina dela era a mesma: saía de casa às 4h, pegava dois ônibus, chegava ao serviço às 6h e só saía dali às 18h. Então voltava para casa, na periferia da capital mato-grossense, onde só conseguia pôr os pés por volta das 20h. Desde maio, porém, sua rotina mudou. A jovem cuiabana foi descoberta por um olheiro de uma…

Leia Mais

Funai proíbe acesso à terra indígena onde 2 índios vivem isolados em MT

Funai proíbe acesso à terra indígena onde 2 índios vivem isolados em MT

  Índios Tyku e Mondé-i vivem isolados em terra indígena em Mato Grosso (Foto: Funai) O acesso de não índios à Terra Indígena Piripkura, localizada nos municípios de Colniza e  Rondolândia, a 1.065 e 1.600 km de Cuiabá, onde vivem dois indígenas, continua proibido. A Fundação Nacional do Índio (Funai) publicou no Diário Oficial da União, que circula nesta terça-feira (14), uma portaria prorrogando por mais 18 meses o prazo de restrição de entrada, trânsito e permanência de pessoas estranhas na área. A terra indígena possui 242.500 hectares e é…

Leia Mais

Casal de MT matou empresário italiano por disputa de bens, diz polícia

Casal de MT matou empresário italiano por disputa de bens, diz polícia

  Alessandro Carrega Dal Pozzo era produtor rural em Barra do Garças (Foto: Reprodução/Facebook) A ex-mulher do empresário italiano Alessandro Carrega Dal Pozzo, de 63 anos, e o marido dela foram indiciados pela Polícia Civil do município de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, por envolvimento na morte de Dal Pozzo. Ele foi encontrado com marcas de tiro no dia 5 de agosto, em estado avançado de decomposição, no Bairro Jardim das Mangueiras, naquele município. Segundo o relatório final do inquérito, o crime foi motivado por disputa patrimonial….

Leia Mais

Conflito Agrário-Verdadeiro dono aparece e desarticula grande esquema de invasão e venda de terras

Conflito Agrário-Verdadeiro dono aparece e desarticula grande esquema de invasão e venda de terras

João Dorneles, afirma ser proprietário da área  desde 1978 e que os verdadeiros donos são a sua família.  A propriedade esta invadida por pessoas que se intitulam sem terra, a mando de uma associação que alega ter recebido em doação esta área de terra , no km 988 da rodovia Cuiabá/Santarém no município de Novo Progresso. Dorneles apresentou documentos, vários Contratos  De Compra e Venda (CPCV) expedido pelo INCRA , com processo fundiário requerido em 1982. Junto com a documentação um Boletim de Ocorrência (BO), que sua propriedade foi invadida…

Leia Mais

Gol vai pagar R$ 4 milhões a índios de MT por acidente com voo 1907

Gol vai pagar R$ 4 milhões a índios de MT por acidente com voo 1907

 A Gol Linhas Aéreas entrou em acordo com os índios da etnia Kayapó e se comprometeu a pagar R$ 4 milhões de indenização aos indígenas prejudicados com a queda do Boeing 1907 na terra indígena Capoto-Jarina, em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá. No acidente, em 2006, 154 pessoas morreram. Em nota, a Gol informou que não irá comentar o assunto. O acordo extrajudicial foi firmado em uma reunião, em Brasília, selado com os demais indígenas, na aldeia, no dia 29 de outubro, e divulgado nesta terça-feira (8) pelo…

Leia Mais

Governadores de MS e MT unificam legislação e ações de conservação do Pantanal

Governadores de MS e MT unificam legislação e ações de conservação do Pantanal

Reinaldo Azambuja e e Pedro Taques, sob o testemunho do ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, firmam compromisso com a preservação do Pantanal (Foto: Chico Ribeiro-Subcom) O Pantanal passa a ser único para Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, cujos governos vão criar grupos de trabalho para discutir e unificar ações integradas, no prazo de 12 meses, com um objetivo: preservar o bioma e promover o desenvolvimento econômico e social. Documento nesse sentido, chamado de Carta Caiman, foi assinado neste sábado pelos governadores Reinaldo Azambuja (MS) e Pedro…

Leia Mais

Condenada por mandar matar diretor-executivo da Friboi é presa em MT

Condenada por mandar matar diretor-executivo da Friboi é presa em MT

Giselma Campos foi presa em MT nesta quinta-feira (6). (Foto: Divulgação/Polícia Civil-MT) A mulher condenada pela morte do ex-marido, o diretor-executivo da Friboi Humberto de Campos Magalhães, foi presa nesta quinta-feira (6) dentro de casa, no município de Pontal do Araguaia, a 518 km de Cuiabá. A empresária Giselma Carmem Campos Magalhães, de 52 anos, estava foragida da Justiça e teve o mandado de prisão cumprido pelo crime pela Polícia Civil de Mato Grosso e Polícia Militar de Goiás. O G1 não conseguiu localizar a defesa dela. Magalhães foi assassinado…

Leia Mais

Incêndio consome mata em área do Parque Indígena do Xingu em MT

Incêndio consome mata em área do Parque Indígena do Xingu em MT

Um incêndio de grande porte consome o Parque Indígena do Xingu, em Mato Grosso. Esse é um drama para os agricultores, que são vítimas do fogo. O trabalho de quase uma década foi destruído em minutos. O agricultor Claudinei Klein e seu pai, Alceu Klein, investiram dinheiro e suor no seringal em Gaúcha do Norte. Eles plantaram cinco mil árvores com as próprias mãos e assistiram ao fogo destruir 60% do cultivo. Os agricultores sabem que o incêndio que atingiu o seringal começou em um lixão improvisado, que fica próximo…

Leia Mais

STF decide que condenados por extração ilegal de madeira em MT poderão recorrer em liberdade

STF decide que condenados por extração ilegal de madeira em MT poderão recorrer em liberdade

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu o julgamento de um habeas corpus e permitiu, por maioria de votos, que cinco réus apelem em liberdade da sentença do juízo da 5ª Vara da Justiça Federal em Mato Grosso que os condenou por extração ilegal de madeira em área indígena (crime ambiental), posse de arma de fogo e formação de quadrilha. O julgamento foi retomado com o voto-vista da ministra Cármen Lúcia, que acompanhou o relator do caso, ministro Gilmar Mendes, no sentido da concessão do habeas corpus. Ela…

Leia Mais

JBS manipula mercado em MT, diz CPI

JBS manipula mercado em MT, diz CPI

GLÁUCIO NOGUEIRA A Gazeta O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Frigoríficos, deputado Ondanir Bortolini (PSD), o Nininho, afirmou que as investigações realizadas no âmbito da comissão têm esclarecido fatos e demonstrado a existência de uma manipulação do mercado de abate bovino, provocado pelo Grupo JBS, em Mato Grosso. Para o parlamentar, a forma como o conglomerado atuou no Estado é inadmissível. Nininho lembrou que a suposta formação de monopólio por parte da JBS começou a ocorrer em 2009, quando o grupo adquiriu diversas plantas frigoríficas, que foram…

Leia Mais