A cidade subterrânea de Hitler

A cidade subterrânea de Hitler

  © Divulgação Cavernas do complexo, abandonado nos estertores do nazismo.   O carro derrapava assustadoramente na neve de uma estrada deserta, no sudoeste da Polônia. Huskies me olhavam com curiosidade por trás de uma cerca. Eu esperava que o caminho me levasse até o complexo subterrâneo de Osówka, quase na fronteira com a República Tcheca. Mas estava perdido. A estrada estreita seguia ladeira abaixo, as rodas derrapando no gelo, como se o carro estivesse me avisando que não haveria jeito de retornar. Então segui em frente, e acabei encontrando por…

Leia Mais

7 motivos que fizeram os alemães embarcarem na loucura de Hitler

7 motivos que fizeram os alemães embarcarem na loucura de Hitler

  Como uma sociedade tão sofisticada quanto a alemã foi capaz de dar suporte às barbaridades cometidas pelo regime nazista? Não é possível isentar o povo de responsabilidade, alegando que ninguém sabia o que estava acontecendo. A maioria sabia, sim, e provas disso não faltam. Por exemplo: a inauguração de Dachau, primeiro campo de concentração construído pelos nazistas, foi anunciada em 1933 numa entrevista coletiva. Ou seja: não dá para dizer que o regime ocultava os fatos e tentava manter a sociedade alheia aos crimes que estavam sendo cometidos. “Só…

Leia Mais

O plano nazista para roubar a Amazônia

O plano nazista para roubar a Amazônia

   (Bruno Algarve/Superinteressante) Em um cemitério de Laranjal do Jari, no Amapá, uma sepultura se destaca. Trata-se de uma cruz de madeira com dois metros de largura, três de altura e suástica no topo. Abaixo do símbolo nazista, palavras em alemão informam: “Joseph Greiner faleceu aqui em 2-1-36 de morte febril em serviço de exploração para a Alemanha. Expedição Jari, 1935-1937”. Durante 17 meses, alemães exploraram o afluente do Amazonas com fins científicos – entre eles, Greiner. E seu líder, Otto Schulz-Kampfhenkel, foi além: elaborou um plano de invasão e colonização…

Leia Mais

O combate que exterminou Hitler

O combate que exterminou Hitler

O  historiador inglês Antony Beevor, de 71 anos, é famoso por pesquisas que mudaram e até subverteram a visão sobre a Segunda Guerra Mundial. Em livros como “Stalingrado” (1998) e “Berlim 1945 – A Queda”, ele forneceu detalhes de documentos não pesquisados que demonstraram a força do acaso nas campanhas militares, tão importante quanto o planejamento dos generais. Assim, um fato improvável é capaz de mudar o destino de uma guerra e de uma nação.  Foi com a abordagem relativista que Beevor escreveu o livro “A Batalha das Ardenas — A…

Leia Mais

O plano nazista para roubar a Amazônia

O plano nazista para roubar a Amazônia

Em um cemitério de Laranjal do Jari, no Amapá, uma sepultura se destaca. Trata-se de uma cruz de madeira com dois metros de largura, três de altura e suástica no topo. Abaixo do símbolo nazista, palavras em alemão informam: “Joseph Greiner faleceu aqui em 2-1-36 de morte febril em serviço de exploração para a Alemanha. Expedição Jari, 1935-1937”. Durante 17 meses, alemães exploraram o afluente do Amazonas com fins científicos – entre eles, Greiner. E seu líder, Otto Schulz-Kampfhenkel, foi além: elaborou um plano de invasão e colonização da Amazônia pelo norte do…

Leia Mais

Carta enterrada em Auschwitz revela o ‘que a mente humana não pode imaginar’

Carta enterrada em Auschwitz revela o ‘que a mente humana não pode imaginar’

Trilhos seguem para Auschwitz-Birkenau, o campo de extermínio do complexo de Auschwitz – Reinhard Krause / REUTERS Uma carta escrita por um judeu grego prisioneiro em Auschwitz-Birkenau revela detalhes de um dos mais tristes episódios da história da Humanidade. O documento foi escrito em 1944, e encontrado dentro de uma garrafa térmica enterrada no campo de extermínio nazista em 1980. Mas somente agora, com o uso de modernas técnicas de imagem, as palavras foram reconstruídas para descrever, segundo o autor do texto, Marcel Nadjari, a miséria que “a mente humana…

Leia Mais

Suástica é um símbolo inocente apropriado pelos nazistas

Suástica é um símbolo inocente apropriado pelos nazistas

Seleção de basquete dos índios americanos, 1909 | Crédito: Wikimedia Commons Como amuleto de boa sorte ou elemento decorativo, o símbolo já era usado na pré-história, e apareceu em culturas do mundo todo: entre celtas, germânicos, gregos e romanos, povos budistas e hindus, e na América pré-colombiana. A versão hindu deu origem ao nome, no século 19. Em sânscrito, svastika significa algo como “amuleto do bem-estar”. Cada ponta representa um purushartha, um aspecto de uma vida bem vivida: prosperidade, prazer, religião e iluminação. A orientação, esquerda ou direita, não faz diferença. Num templo em…

Leia Mais

A infância e a juventude do mais odiado ditador da História

A infância e a juventude do mais odiado ditador da História

   Um jovem quase comum | Crédito: divulg.    No filme A Queda, de Bernd Eichinger, o famoso ator Bruno Ganz interpreta Adolf Hitler em seus últimos dias, acuado no bunker da Chancelaria do Reich, em pleno processo de negação e declínio psicológico. A atuação magistral de Ganz fez com que muitos se perguntassem: “Podemos retratar Hitler como um ser humano?”. O historiador alemão Volker Ullrich defende que não só podemos como devemos. Ullrich é o autor de uma nova biografia do ditador nazista, Adolf Hitler Vol. 1 – Os…

Leia Mais

O vilarejo alemão que quase mudou o curso da 2ª Guerra e influenciou futuro das armas de destruição em massa

O vilarejo alemão que quase mudou o curso da 2ª Guerra e influenciou futuro das armas de destruição em massa

Com praias, um famoso sanduíche à base de peixe e um histórico de visitas da realeza prussiana, a ilha alemã de Usedom tem apelo turístico. Mas o remoto balneário teve outra função durante 1936 e 1945, quando foi ocupado pelos nazistas. Em 1935, o engenheiro Wernher von Braun, em visita à ilha, a escolheu como o local perfeito para abrigar um programa de desenvolvimento e testagem de mísseis. Isolada e oferecendo o Báltico como campo de provas, Usedom tornou-se então uma imensa fábrica de armas. No auge de seu funcionamento,…

Leia Mais

Pato Donald nazista? Conheça o polêmico desenho animado da Disney

Pato Donald nazista? Conheça o polêmico desenho animado da Disney

Pato Donald em “Der Fuhrer’s Face” (1943), desenho usado para fazer propaganda antinazismo nos EUAImagem: Reprodução Pato Donald dorme tranquilamente, quando é despertado pelo cutucão de uma baioneta, ao som de uma bandinha que inclui Benito Mussolini no bumbo e Heinrich Himmler na caixa. Ainda sonolento, ele faz a saudação nazista ao retrato de Hitler na parede, veste um uniforme adornado pela suástica e segue para mais um cansativo dia de trabalho na fábrica de armamentos e munições do esforço de guerra alemão. À primeira vista, a ideia de um…

Leia Mais