Os ‘campos de concentração’ da seca: uma história esquecida no Brasil

Os ‘campos de concentração’ da seca: uma história esquecida no Brasil

A sobrevivente Carmela Pinheiro recebe a AFP em sua residência, em Senador Pompeu Mais Quase ninguém no Brasil se lembra ou sequer conhece esta história, mas ela existiu: no começo do século XX, quando o Nordeste vivia – como nos dias de hoje – terríveis secas, as autoridades construíram “campos de concentração” para evitar que agricultores famintos do Ceará migrassem em massa para a capital. Os registros históricos e os jornais da época descrevem as construções como acampamentos, onde milhares de famílias do semiárido eram obrigadas a viver em condições…

Leia Mais

Como açude mais antigo do Brasil virou ‘cemitério de cágados’

Como açude mais antigo do Brasil virou ‘cemitério de cágados’

O açude do Cedro é resultado de uma das maiores secas que o Brasil e o Nordeste já enfrentaram. Em 1877, uma estiagem que se estenderia por três anos motivou, apenas no Ceará, a retirada de 100 mil sertanejos do interior rumo a Fortaleza. O imperador d. Pedro 2º pediu então um estudo das melhores áreas para construção de açudes. Iniciado em 1890, o açude do Cedro, em Quixadá (a 160 km de Fortaleza), seria concluído 16 anos depois, já no período republicano, com cinco barragens que represam o rio…

Leia Mais

Nordeste deve ganhar sistema inédito para produção de energia solar

Nordeste deve ganhar sistema inédito para produção de energia solar

Os espelhos se movimentam de acordo com a posição do sol e refletem os raios para uma torre – chamada de torre solar -, onde o calor é armazenado e transformado em energia. | Foto: Afloresm/Creative Commons Um sistema de energia solar inédito no Brasil, que está sendo estudado como alternativa às hidrelétricas, pode ser implantado no semiárido pernambucano, no município de Petrolina, a partir do ano que vem. Com a ajuda de um instituto alemão, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) e a Universidade Federal do Ceará…

Leia Mais

O avanço dos desertos

O avanço dos desertos

Se o atual ritmo de desertificação prosseguir, a ONU calcula que até 2050 a Terra perderá uma área cultivável equivalente à do Brasil. Aqui, a preocupação maior está no Nordeste Areal no Rio Grande do Sul: problema agravado pelo uso inadequado do solo Em silêncio, a desertificação vem causando mais estragos do que o aquecimento global e desastres naturais como terremotos e furacões. Considerado um dos maiores problemas socioeconômicos contemporâneos, o fenômeno transforma terras cultiváveis em desertos a um ritmo de 120 mil quilômetros quadrados (12 milhões de hectares, ou…

Leia Mais

Norte e Nordeste formalizam pedido de ajuda financeira

Norte e Nordeste formalizam pedido de ajuda financeira

Temer: em carta, eles pedem cerca de R$ 8 bilhões para recompor perdas das transferências do Fundo de Participação dos Estados (FPE) desde 2011. O secretário de Fazenda do Estado do Rio Grande do Norte, André Horta, informou ao Broadcast (serviço de notícias em tempo real da Agência Estado) que a carta é assinada por 14 governadores das regiões, exceto Pará e Alagoas. Eles querem tratamento especial como foi concedido ao Rio de Janeiro para enfrentar as dificuldades financeiras até o fim do ano. Os governadores argumentam que a economia…

Leia Mais

Energia eólica já abastece mais de 30% do Nordeste

Energia eólica já abastece mais de 30% do Nordeste

O vento forte que não para de soprar fez da pequena Icaraí de Amontada, na costa oeste do Ceará, uma ilha de usinas eólicas. Elas geram energia elétrica usando a força dos ventos. Ali, para qualquer lado que se olhe, modernas e gigantescas torres de quase 150 metros de altura – do tamanho de um prédio de 42 andares – destoam do cenário rústico da antiga vila de pescadores, com suas dunas, praias e lagoas. Reduto de atletas estrangeiros praticantes de kitesurf e windsurf, a comunidade, de 2,4 mil habitantes,…

Leia Mais

Estímulo à Dessalinização da água é aprovado no Senado

Estímulo à Dessalinização da água é aprovado no Senado

A garantia de água potável é considerada um dos grandes desafios deste milênio. E utilizar a abundante água do mar para as necessidades básicas do dia-a-dia e até como água potável parecia impossível, mas não é. O processo é feito desde meados da década de 20 no Caribe e hoje já é uma realidade em diversos países. Os projetos de pesquisa voltados para a área de tratamento de águas impróprias para o consumo humano e a experiência do campo foram cruciais para a implantação de dois programas do Governo Federal:…

Leia Mais