Governo do Estado pagou ONG em Marabá e recebeu nota fiscal falsa

Governo do Estado pagou ONG em Marabá e recebeu nota fiscal falsa

O Ministério Público do Estado ingressou com uma Ação Cível Público contra Marciano Vidal Monteiro, Francisco Carlos Domingues Cidon e Pedro Abílio Torres do Carmo por serem os responsáveis pelo convênio considerado irregular no valor de R$ 300.000,00 entre a Secretaria de Estado de Transportes (Setran) e a Associação para o Desenvolvimento do Município de Marabá (ASDEMA). Pedro Abílio Torres era secretário de Estado de Transportes, à época, enquanto Francisco Cidon atuava como engenheiro da mesma Setran em Marabá e região; e Marciano Torres era presidente da Associação de ASDEMA….

Leia Mais