“Corrupção na Odebrecht é a mais organizada da história do capitalismo”

“Corrupção na Odebrecht é a mais organizada da história do capitalismo”

Bruno Brandão, diretor-executivo da Transparência Internacional no Brasil (Transparência Internacional/Divulgação) São Paulo – Que o esquema de corrupção da construtora brasileira Odebrecht é enorme todo mundo já sabe. O escândalo veio à tona através da Operação Lava Jato, que investiga a companhia por comprar políticos e diretores da Petrobras em troca de contratos. Mas, segundo a Transparência Internacional, ONG que atua no combate à corrupção no mundo, o caso é bem mais do que isso: “É o mais bem organizado caso de corrupção já desvendado na história do capitalismo”, atesta Bruno Brandão, diretor-executivo da entidade…

Leia Mais

Lula depõe sobre “mesada” da Odebrecht para seu irmão

Lula depõe sobre “mesada” da Odebrecht para seu irmão

SÃO PAULO, 27 FEV (ANSA) – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prestou depoimento nesta segunda-feira (26) à Polícia Federal (PF), em São Paulo, no inquérito que apura o pagamento de uma mesada de R$ 5 mil ao seu irmão Frei Chico feito pela construtora Odebrecht. O depoimento de Lula durou cerca de duas horas e o petista negou o pagamento da quantia para seu irmão. A suposta mesada veio à tona através de uma delação premiada de dois executicos da Odebrecht, Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho e…

Leia Mais

Palocci disse a Moro que Lula recebeu da Odebrecht R$ 4 milhões em espécie, segundo advogado

Palocci disse a Moro que Lula recebeu da Odebrecht R$ 4 milhões em espécie, segundo advogado

  Palocci diz em depoimento que Lula sabia da compra de terreno para instituto Os advogados de Antonio Palocci disseram nesta quarta-feira (6) que, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, o ex-ministro afirmou que o PT tinha uma espécie de “pacto de sangue” com a Odebrecht e que o combinado era o partido receber R$ 300 milhões. Segundo os advogados, Palocci disse ainda que R$ 4 milhões foram dados em dinheiro para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Palocci também afirmou a Moro, segundo os defensores, que Lula sabia…

Leia Mais

Palocci prepara bomba contra o PT

Palocci prepara bomba contra o PT

LÍNGUA SOLTA Palocci vai delatar como Lula movimentava propinas da Odebrecht (Crédito: AP Photo/Eraldo Peres) Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda de Lula e da Casa Civil de Dilma, está preparando o roteiro da colaboração premiada que vai fazer nos próximos dias. Ele quer deixar a prisão em Curitiba, onde está desde setembro do ano passado e para isso compromete-se a delatar o ex-presidente Lula, que até recentemente era um dos seus maiores amigos. Vai entregar também esquemas de corrupção que envolviam a venda de Medidas Provisórias para bancos e grandes…

Leia Mais

Diretor preso da Riotrilhos tentou esconder dinheiro transferindo para esposa, diz MPF

Diretor preso da Riotrilhos tentou esconder dinheiro transferindo para esposa, diz MPF

  Uma interceptação telefônica com a autorização da Justiça revela, segundo o Ministério Público Federal (MPF), uma tentativa do diretor da Rio trilhos de esconder dinheiro obtido através de pagamentos de propina. Ele foi preso nesta terça-feira (14), junto com o subsecretário de Turismo do estado e ex-subsecretário de Transportes, Luiz Carlos Velloso. A dupla foi detida na Operação Tolypeutes — desdobramento da Lava Jato no Rio que investiga corrupção e pagamento de propina em contratos da Linha 4 do metrô. O MPF afirma que parte da propina era repassada…

Leia Mais

Departamento de propina da Odebrecht pagava milícias

Departamento de propina da Odebrecht pagava milícias

Armas: setor também seria usado para drenar recursos de caixa 2 a milícias e grupos armados (Arquivo/Getty Images) São Paulo – No depoimento à Justiça Eleitoral, na quarta-feira, dia 1º, em Curitiba, o ex-presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht negou que o Departamento de Obras Estruturadas da empreiteira tivesse como principal objetivo pagar propinas a políticos e agentes públicos, como afirma a Operação Lava Jato. Segundo o empresário preso, o setor conhecido hoje como “Departamento de Propina” foi criado para o pagamento de resgates de funcionários da empreiteira sequestrados em países…

Leia Mais

Avião pequeno cai no mar em Paraty; bombeiros confirmam 3 mortos

Avião pequeno cai no mar em Paraty; bombeiros confirmam 3 mortos

Um avião caiu na tarde desta quinta-feira (19) no mar de  Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, há três mortes confirmadas. Os nomes não foram divulgados oficialmente. O que sabemos até o momento: – O filho de Teori Zavascki disse no Facebook que o ministro do Supremo Tribunal Federal é um dos mortos na queda do avião. Filho de Teori Zavascki diz no Facebook que ministro morreu no acidente do avião que caiu em Paraty (Foto: Reprodução/Facebook/Francisco Prehn Zavascki) – O Corpo de…

Leia Mais

Entenda acordo que obriga Odebrecht e Braskem a pagar US$ 800 mi nos EUA e Suíça

Entenda acordo que obriga Odebrecht e Braskem a pagar US$ 800 mi nos EUA e Suíça

  Procuradores dos Estados Unidos e da Suíça anunciaram na quarta-feira que as empresas brasileiras Odebrecht e Braskem concordaram em pagar ao menos US$ 800 milhões (R$ 2,6 bilhões) para encerrar investigações sobre as companhias nos dois países. Segundo autoridades americanas, o valor será retirado da multa de ao menos US$ 3,5 bilhões (R$ 11,6 bilhões) prevista nos acordos de leniência que a Odebrecht e a Braskem fecharam no Brasil por sua participação no esquema de corrupção exposto pela Operação Lava Jato. As multas foram negociadas conjuntamente por procuradores brasileiros,…

Leia Mais

Pagamento de propinas por empreiteiras se consolidou durante ditadura, diz historiador

Pagamento de propinas por empreiteiras se consolidou durante ditadura, diz historiador

Muitas das grandes empreiteiras se beneficiaram de relações especiais com o Estado desde seu surgimento entre as décadas de 30 e 50, mas o pagamento de propinas se consolidou durante a ditadura, afirma o historiador Pedro Henrique Campos, em entrevista à BBC Brasil. Campos diz que não se surpreendeu “nem um pouco” com os detalhes da relação escusa entre empreiteiras e governantes revelada nas delações da Operação Lava Jato: “Não só sabia que existia, mas acho que era abertamente conhecido”. Ele pesquisou a história dessas empresas, e em especial seus…

Leia Mais

Delator da Odebrecht citou 51 políticos de 11 partidos

Delator da Odebrecht citou 51 políticos de 11 partidos

O ex-diretor de relações institucionais da Odebrecht Cláudio Melo Filho citou em seu acordo de delação premiada com a Lava Jato 51 políticos de 11 partidos. Ele era o responsável pelo relacionamento da empresa com o Congresso Nacional. Homem de confiança de Marcelo Odebrecht, ex-presidente da empresa que está preso em Curitiba, Cláudio entrou na empreiteira como estagiário em 1989. Formado em administração de empresas, Cláudio Melo Filho trabalhou em obras em Goiás e no metrô do Distrito Federal. Em 2004, assumiu a diretoria de relações institucionais substituindo o pai,…

Leia Mais