Operação Hashtag: como a PF conseguiu conversas de suspeitos pelo Telegram?

Operação Hashtag: como a PF conseguiu conversas de suspeitos pelo Telegram?

As mensagens privadas de oito acusados de terrorismo pela Operação Hashtag da Polícia Federal teriam sido obtidas por meio de um participante infiltrado em grupos de conversas nos apps Telegram e WhatsApp. O Facebook também teria cooperado fornecendo conteúdo privado dos suspeitos após ser procurado pela Justiça. As informações vêm de fontes que pediram anonimato ao UOL. A Operação Hashtag visa investigar uma suposta célula terrorista no Brasil que pretendia realizar ataques na Olimpíada do Rio de Janeiro. Na primeira fase da operação, em julho, 12 pessoas foram presas. Em agosto, foram cumpridos dois mandados de prisão temporária, cinco de busca e apreensão e três…

Leia Mais