Programa Pará 2030: setor da pecuária anuncia a Aliança Paraense da Carne

Programa Pará 2030: setor da pecuária anuncia a Aliança Paraense da Carne

A Sedeme sediou nesta sexta- 16, pela manhã, uma grande reunião com grande parte da equipe de governo com 4 entidades importantes do setor da Pecuária Paraense: A ACRIPARÁ – Associação dos Criadores de Bovinos do Pará, UNIEC- União dos Indústrias Exportadoras de Carne, SINDICARNE e ABEG- Associação de Exportadores de Gado. Na pauta, as ações do Pará 2030 na cadeia da pecuária. Convergência de ações entre todos os segmentos envolvidos (Estado, Entidades e produtores) e tecnologia e pesquisa para aumentar a produtividade com sustentabilidade: estes são alguns dos desafios…

Leia Mais

O drible do gado: a parte invisível da cadeia da pecuária

O drible do gado: a parte invisível da cadeia da pecuária

Estima-se que um terço das fazendas vende gado para outras fazendas e fica fora do monitoramento ambiental. Foto: Marcio Isensee “Não se pode culpar a empresa por aquilo que ela não consegue enxergar”, queixou-se o representante da JBS, diante de um salão apinhado de gente em Brasília. O clima não era dos melhores. Na enorme mesa em formato de meia-lua, o Ministro do Meio Ambiente e o mais alto escalão do Ibama encaravam uma audiência indignada: cinco dias antes da reunião convocada às pressas, o órgão de fiscalização do MMA…

Leia Mais

Tecnologia acaba com uma das piores dores de cabeça do pecuarista

Tecnologia acaba com uma das piores dores de cabeça do pecuarista

  Carne forte: na fazenda de Pedro Merola, o lucro cresceu 20% graças a sensores que pesam o gado (Francois Calil/Revista EXAME) Santa Helena de Goiás (Go) — Nos últimos dois anos, a fazenda Santa Fé, localizada às margens da rodovia GO-164, no sul de Goiás, tem sido palco do desenvolvimento de uma tecnologia inédita para o acompanhamento da engorda do rebanho. Pesar um boi é uma das principais dores de cabeça dos pecuaristas mundo afora. A tarefa normalmente requer tirar o animal do pasto ou do curral e levá-lo a…

Leia Mais

Desmatamento da Amazônia cai 15% nos últimos dez meses. Mas não comemore ainda

Desmatamento da Amazônia cai 15% nos últimos dez meses. Mas não comemore ainda

Desmatamento da Amazônia (Foto: Arquivo/MMA) Dados divulgados agora pelo Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) revelam que a floresta perdeu 365 quilômetros quadrados em maio deste ano. É uma queda de 23% em relação a maio de 2016. O SAD é coordenado pelo Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). Com os dados de maio, o desmatamento na Amazônia acumula uma queda de 15% nos últimos 10 meses em comparação com o período anterior. O SAD também mostrou uma queda na degradação florestal. A área total medida…

Leia Mais

Os campeões da pecuária

Os campeões da pecuária

terra boa: nas próximas décadas, a criação de gado deve contribuir de forma sustentável para alimentar a população mundial e mitigar os desequilíbrios climáticos Os destaques da pecuária As riquezas geradas pela pecuária brasileira chegam a R$ 400 bilhões por ano. Esse é o saldo do Produto Interno Bruto da criação de gado no País, quase o dobro do que o setor movimentava há duas décadas, de acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-Esalq/USP). O valor dessa cadeia de alimentos é maior que o PIB de…

Leia Mais

Carne ao Molho Madeira: um balanço da luta contra a ilegalidade

Carne ao Molho Madeira: um balanço da luta contra a ilegalidade

  Ativistas do Greenpeace conversa com consumidora em frente a supermercado Há um ano, o Greenpeace lançava o relatório Carne ao Molho Madeira, que mostrou como as sete maiores redes de varejo do Brasil lidavam com o problema de fornecimento de carne proveniente de áreas de desmatamento. A avaliação revelou que nenhum supermercado conseguia garantir que 100% da carne comercializada era livre de crimes socioambientais. De lá para cá, três das principais redes de supermercado do País se comprometeram em adotar medidas para garantir o controle sobre a carne que…

Leia Mais

As 8 verdades inconvenientes sobre a Amazônia

As 8 verdades inconvenientes sobre a Amazônia

Praia de Alter do Chão, em Santarém (PA) (Foto: Iubasi/ Flickr) 1. A Amazônia não é o pulmão do mundo Árvores fazem fotossíntese, consumindo gás carbônico e liberando oxigênio – o gás que respiramos para viver. A floresta exuberante da Amazônia nos faz pensar, então, que está ali uma grande fonte de ar limpo. Só que as árvores respiram e consomem quase tanto oxigênio quanto produzem. A maior parte do ar que entra em nossos pulmões vem, na verdade, das algas marinhas, que fazem processos químicos para reverter gás carbônico…

Leia Mais

Floresta Plantada movimenta R$ 44 milhões em nove meses em Rondônia

Floresta Plantada movimenta R$ 44 milhões em nove meses em Rondônia

Nos primeiros nove meses deste ano – janeiro a setembro – foram movimentados na economia de Rondônia US$ 14,125 milhões, o que equivale a R$ 44 milhões, com a comercialização de pouco mais de 27 mil metros cúbicos de teca, madeira preferida de diversos produtores das regiões Central e Sul de Rondônia, que estão se dedicando à floresta plantada. É uma nova frente econômica do estado, que se tornou política agrícola instituída por lei sancionada em maio deste ano. “Esse valor poderia ser bem maior, não fosse a forte estiagem do rio…

Leia Mais

Como reformar a atrasada pecuária amazônica

Como reformar a atrasada pecuária amazônica

Criação de bois e vacas aguarda choque de produtividade para ganhar mercados com proteína animal que não dependa de desmatamento para alimentar o mundo Caprichosa, uma novilha de quase 200 kg, resiste por dez minutos a entrar no corredor que conduz ao “tronco” de pesagem. Não mais que dez metros a separam da barulhenta armadilha de madeira e metal acoplada à balança. Sacos de aniagem na ponta de varas fazem as vezes das bandeirolas, recomendadas nas boas práticas da pecuária para conduzir o animal sem irritá-lo, pois o estresse prejudica…

Leia Mais

1 bilhão de árvores foram derrubadas na Amazônia para pastos hoje abandonados

1 bilhão de árvores foram derrubadas na Amazônia para pastos hoje abandonados

Desmatamento da Amazônia (Foto: Arquivo/MMA) Um dos argumentos mais fortes para acabar com o desmatamento no Brasil é a existência de terra em abundância já desmatada e desperdiçada. Para ter uma ideia, o que há de área já desmatada e abandonada no Brasil é o equivalente aos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina somados. Ou seja, temos um território do tamanho do Sul do país já aberto e não usado. A maior parte disso virou pasto abandonado. São os chamados pastos sujos. O último levantamento da…

Leia Mais