Carta escrita por padre assassinado prevê a própria morte duas décadas antes e pede compaixão para o assassino

Carta escrita por padre assassinado prevê a própria morte duas décadas antes e pede compaixão para o assassino

“Peço que a pessoa considerada culpada do meu assassinato não seja submetida à pena de morte em nenhuma circunstância”, escreveu o padre em documento que foi registrado em cartório (Foto: ST JOHNS COUNTY SHERIFFS OFFICE) Um padre que foi assassinado no ano passado, nos Estados Unidos, já havia pedido, 22 anos antes, que o assassino fosse perdoado. O reverendo Rene Robert era contrário à pena de morte e escreveu uma carta em que parece prever a própria morte. Na carta, o padre católico pedia que aquele que um dia tirasse…

Leia Mais